Categoria: Homens x Mulheres


Namoro depois dos 50

Namoro depois dos 50

Nos últimos anos com a melhoria das condições de vida da população as pessoas estão vivendo mais, por isso é cada vez mais comum pessoas com mais de 50 anos namorando ou procurando seu par. Ocorre que alguns segmentos da sociedade não estão preparados para compreender esta atitude daqueles que já viveram por mais de cinco décadas, que muitas vezes estão afastados de suas carreiras profissionais, mas que querem viver novas aventuras amorosas.


As razões do encontro de duas pessoas e os passos que as levam a viver um relacionamento amoroso não podem ser explicadas simplesmente por motivos racionais. Não há fórmula infalível nem remédio que possa garantir que no tempo tal você dando esse ou aquele passo encontrará alguém, se apaixonarão a ponto de dedicarem
seus melhores momentos para estar um ao lado do outro.


Para aqueles que já passaram do 50 anos encontrar um par se torna uma tarefa um pouco mais desafiadora do que seria para um jovem de vinte poucos anos. Nesta idade as pessoas já não têm a mesma vitalidade da juventude, os amigos já não são tantos, as festinhas ficaram na lembrança de muito tempo. É preciso buscar caminhos alternativos já que diferentemente dos mais jovens onde tudo conspirava para que a paquera rolasse de forma natural, hoje flertar, paquerar, namorar é algo excepcional para a realidade em que vivem.

Para tentar recriar um ambiente de convivência um pouco mais parecido com aquele que tiveram na juventude, um bom caminho é se inserir em um grupo social seja ele religioso, de prestação de serviço social voluntário, uma academia ou até participar das reuniões de condomínio. O que deve ser evitado a todo custo é o isolamento que infelizmente afeta boa parte dos que já passaram dos 50 anos.

Outra dica importante é aprender algo que nunca teve tempo ou oportunidade quando estava ativo em sua profissão e que desperte prazer. Todos têm atividades que gostariam
de ter tido tempo para fazer, mas que nunca tiveram coragem. Agora que se têm
mais de 50 anos estas excentricidades são permitidas, uma vez que já contribuiu com sua cota de sacrifício, de disciplina, de modelo para a sociedade.

Já que sociabilizar é um bom caminho para encontrar um par, nada melhor do que entrar em um curso de dança. A dança é um dos melhores instrumentos para aproximar as pessoas, além do benefício que traz para o condicionamento físico e a melhoria da coordenação motora. Felizmente as escolas de dança voltadas para a chamada terceira idade estão se multiplicando pelas cidades e esta é uma oportunidade que quem quer encontrar sua cara metade e já não é assim tão jovem tem de aproveitar.


Não se esqueça de se atualizar, e se ainda não sabe aprenda a navegar na internet. Este tem sido um dos meios mais utilizados por quem tem dificuldades em começar um relacionamento amoroso, para finalmente conhecer alguém que tenha os mesmos objetivos, mas que mora, por exemplo, em outra cidade. Na web as pessoas têm diversas opções gratuitas ou não onde podem se cadastrar, buscar por perfis que tenham as características desejadas e conhecer muitas pessoas.

Viaje em bando. Se tiver a oportunidade de conhecer novos lugares não se limite a ir somente com a família, se aventure em excursões mesmo que seja para locais próximos a sua cidade e nem tanto badalados. O mais importante nesses passeios são os novos laços que vão nascer da convivência e nem tanto o local em si.


Lembre-se que mesmo ciente das particularidades do amor a experiência demonstra que algumas iniciativas simples como as descritas acima podem dar uma mãozinha para os cinqüentões que estão decididos a encontrarem um namorado ou namorada, afinal não custa muito tentar.



Comentários

Paulo, em 17/06/2017 - 23:27

Desejo conhecer mulher solteira, viúva ou divorciada, entre 50 e 65 anos, residente no Rio de Janeiro, e que não more com os filhos, para um relacionamento sério e duradouro. Sou divorciado e meus filhos estão casados.
   

Cláudio José, em 29/05/2016 - 14:41

Busco mulher entre 35/55 anos para sexo.Vou até a sua casa.Sou carinhoso,discreto e sigiloso.Respeito o espaço físico das pessoas. Desenvolvo Sistemas e me sinto muito carente e sozinho. Adoro uma boa conversa e risos. Sou solteiro e não tenho filhos. Aliás, não tenho ninguém no mundo. Não tenho pais e nem irmão vivos. Assim como os meus amigos estão todos mortos. Imagine a minha solidão. Sou honesto e sincero nos meus atos, palavras e sentimentos. Espero, sinceramente, encontrar alguém com este perfil. Me sentiria muito feliz e porque não dizer, um homem de muita sorte e previlegiado.
   

Cláudio José, em 29/05/2016 - 14:28

Busco mulher na faixa etária 40/50 anos, para juntos fazermos sexo. Vou até a sua residência. Sou educado, discreto e sei o que é sigilo e respeito ao espaço alheio. Desenvolvo Sistemas e me sinto muito só e carente de afeto e de um bom papo.
   

Apotenusa, em 01/04/2016 - 23:03

Sou do interior de sao paulo tenho 50 anos . Quero conhecer homens na minha faixa etária que tenham disposição e alegria de viver . Sou tranquila e de bem com a vida .
   

jose, em 24/10/2014 - 16:26

jose2014nildo@outlook.com
   

jose, em 24/10/2014 - 16:22

++++l++ +++ +d+df g+ dr+fg +d+g ++d +gfg+ +hsdf
   

gildete fernandes, em 23/05/2013 - 21:12

Olá, boa noite; Sou evangélica e do estado da Bahia, estou a procura da minha outra metade, será possível?
   

LUZIA JOANA, em 15/05/2013 - 20:44

SOU MINEIRA QUERO CONHECER ALGUEM QUE COMBINE COMIGO. ALVARENGA MG.
   

Insira seu Comentário aqui:

        Nome:    

    Mensagem:
                       

CAPTCHA

Digite as letras da imagem: