Categoria: Homens x Mulheres


Procuro Namorado

Você tem valor? Então mostre!

Como é comum ouvir a frase “não agüento mais ficar sozinha” e como as pessoas a cada dia estão mais solitárias. Tenho 52 anos e ouço muitas das minhas amigas constantemente exclamar essa frase, confesso que até a bem pouco tempo eu também era uma daquelas que não cansava de falar essa frase.

Divorciei-me aos 43 anos me separando de um homem com quem convivi por mais de 24 anos, e o recomeço é realmente muito difícil. No meu caso os filhos já estavam adultos e tinham suas vidas próprias, com muito pouco tempo para mim. Por um bom tempo fiquei esperando, refletindo sobre tudo até me adaptar.

Apesar de ter uma boa relação com meus filhos notei que ambos queriam que eu fosse apenas sua mãe de sempre, aquela dona de casa que cuidava de tudo e de todos sem ter vida própria, sentimentos, desejos, sexo coisas que todo ser humano precisa para ter uma vida considerada normal. Na verdade eu precisava viver sair se divertir e isso era algo que naquela ocasião, para minha família parecia fora de propósito, não era o que todos ao meu redor queriam para mim.

Sentia-me triste e deprimida, pois naquela altura da vida não imaginava encontrar tantas barreiras, mas acreditem elas são muito fortes e se não tivermos muita força de vontade não conseguimos transpô-las. Fiquei ainda por um período refletindo e com a ajuda de algumas amigas tomei a decisão de não ficar mais parada vivendo a vida que outras pessoas imaginavam ideal para mim.

Resolvi então começar a sair e freqüentar clubes, bares e outros locais, juntamente com algumas amigas. Precisei redescobrir muitas coisas que com o tempo haviam ficado esquecidas na minha vida, como dançar, flertar com alguém, sair sem ter hora pra chegar, essas coisas que só estando solteira para se viver.

Era divertido, conheci pessoas fiz amigos, mas mesmo assim me faltava algo, um homem que me completasse, que estivesse ao meu lado nas noites frias, nas madrugadas silenciosas e longas, quando os amigos já se foram. A solidão é realmente algo que não podemos evitar, e nem sempre sair à noite e estar rodeada de amigos significa que ela não nos machuque.

Com o passar do tempo aprendi muitas coisas e fui ficando mais “esperta”, afinal de contas vinte e tantos anos “dirigindo” um fogão não acrescenta muito conhecimento do que acontece fora das quatro paredes da nossa casa. Aprendi também o quanto é difícil conhecer um homem sincero, carinhoso, em quem possamos confiar.

Mas não me dei por vencida, muito pelo contrário fui me moldando e me tornando mais forte e preparada. Os meus filhos que em princípio achavam tudo sem propósito e descabido já nessa época estavam mais acostumados e não pegavam tanto no meu pé.

Tive alguns namorados nesse período, mas confesso que me decepcionei com a maioria absoluta deles, mas como disse me tornei alguém mais forte e preparada e entendia que essas situações fazem parte de qualquer relacionamento. Hoje estou namorando uma pessoa muito legal, não sei até quando, e nem quero pensar nisso agora, prefiro me concentrar e viver a felicidade dia-a-dia.

Escrevi esse texto não para contar uma história de contos de fada, sequer para dar algumas dicas infalíveis, mas somente para dizer que caso você também queira exclamar a frase “estou cansada de ficar sozinha”, faça isso quantas vezes quiser, você não é única e milhares de outras mulheres nesse momento talvez estejam se sentindo assim. Vá à luta procure suas amigas e amigos, viva cada dia como se fosse o único encare a solidão de cabeça erguida e com alegria, por que dias melhores virão e somente você pode viver esses momentos.

Por: Marinalva de Souza Reis



Comentários

Carlos pereira, em 03/09/2016 - 02:31

Gostava de te conhecer.....sinto-me sozinho preciso de alguém para conversar....
   

wanderley, em 08/01/2013 - 00:16

eu gostaria de ti conhecer bem melhor gostei muito de voce......
   

Insira seu Comentário aqui:

        Nome:    

    Mensagem:
                       

CAPTCHA

Digite as letras da imagem: