Categoria: Homens x Mulheres


Solteirona talvez, encalhada não


Pesquisas realizadas em 2009 indicaram que cerca de 40% dos adultos eram solteiros. O número de mulheres sozinhas com 30 anos ou mais também aumentou nos últimos anos. Embora seja cada vez mais comum encontrar pessoas solteiras com mais de três décadas de vida as mulheres ainda sofrem muito com o preconceito. Por serem solteiras numa fase da vida em que a maioria está casada e com filhos elas são alvos de piadas e questionamentos, quer seja por parte dos amigos e até de familiares.

Estas brincadeiras às vezes dirigidas a elas de forma ingênua só faz diminuir a auto-estima daquelas mulheres que ainda não encontraram seu par. Acredito que não há falta de homens no mercado. Prova disso é que há filas nas principais igrejas e cerimoniais da cidade para realização de casamentos. O mais provável é que os homens estão pensando um pouco mais antes de assumir compromissos amorosos sérios, vivem mais tempo com os pais, preferem viajar com os amigos, freqüentar boates e baladas em geral.

Os tempos estão mais difíceis, as pessoas têm necessidade de se preparar por mais tempo antes de entrar no mercado de trabalho. A formação não acaba com o curso superior e tudo isso demanda dinheiro e tempo livre. No final eles acabam se casando, mas preferem primeiro investir em si e na carreira antes de assumir compromissos amorosos mais duradouros. Enquanto estão nesta fase da experimentação evitam assumir relacionamentos amorosos sérios e assim contribuem para que o número de solteiros adultos aumente cada vez mais.

Um dos fatores que desencadeia as paranóias das encalhadas é quando começam a ver todas as colegas de trabalho ou da faculdade se casando ou assumindo outros relacionamentos sérios A partir daí as expectativas aumentam e começam a surgir os grilos. Elas têm que conviver com o casamento das amigas, das primas, das colegas e lidar, com as piadinhas dos familiares. Nota-se que estes sentimentos de aflição no que diz respeito a sua vida afetiva não têm uma idade específica que possa ser atribuída a todas as mulheres, uma vez que é influenciada pelo meio em que está inserida. Porém é na faixa dos 30 ou 40 anos que a luz amarela se acende sobre suas cabeças potencializando as angústias.


Para Carolina Machado, 32 anos, “os homens sentem o cheiro de uma mulher desesperada assim que põe os olhos nela, e nesse caso as típicas encalhadas tendem a ter desvantagem em relação às outras mulheres na hora da conquista”. Já Marina Telles, 37 anos, acredita que a forma como a mulher foi educada, o afeto que recebeu da família são fundamentais para que não se sinta insegura, mesmo que esteja sozinha depois de 30 ou 40 anos de idade. “uma mulher criada num círculo familiar onde prevalece o diálogo tende a ser mais segura de si em qualquer situação e não é diferente quando se trata de problemas amorosos”, arremata Ela.


Os principais problemas enfrentados pelas mulheres solteiras no dia-a-dia são os confrontos desagradáveis com outras mulheres da mesma faixa etária que se encontram casadas e com filhos, sobretudo quando estas perguntam sobre a vida amorosa. Também são muitos comuns os comentários maldosos e as piadas feitas por amigos e familiares aumentando em muito a insegurança das solteironas. Além disso, as mulheres nessa condição têm consciência da mudança de realidade que elas passam, pois na medida em que os anos passam diminuem as chances de que elas encontrem um parceiro decente e principalmente a possibilidade de engravidar e dar a luz a filhos saudáveis sem incorrer em riscos a sua saúde.

Não se pode desprezar o fato de que muitas das que se encontram solteiras estão nessa condição por opção. Como cada vez mais as mulheres assumem postos de comandos nas organizações, conseqüentemente passaram a ter menos tempo para cuidar da família e muitas optaram em não ter filhos para terem mais liberdade de cuidar da carreira. Outras mesmo tendo tempo e condições financeiras também não podem ser classificadas como encalhadas, pois não quiseram assumir compromissos amorosos mais sérios, simplesmente por que preferem não se prender a alguém especificamente mantendo apenas romances passageiros.



Comentários

ElOovtYo, em 19/09/2012 - 16:44

Je1 ouvi falar desse evento em PE, acho legal pros tedmidos que tem diifucldade de arrumar namorado por aed, pelo menos le1 je1 e9 uma coisa certa, sf3 vai quem quer coisa se9ria, quanto a sf3 ter bagulho, ne3o acredito, sf3 ne3o vou pq ne3o tenho grana rsPelo que sei je1 se formaram muitos casais e esse cupido e9 super conhecido.Beijo
   

Insira seu Comentário aqui:

        Nome:    

    Mensagem:
                       

CAPTCHA

Digite as letras da imagem: